Quinta-feira, 13 de Outubro de 2005

Passado Presente -.-

Olá... acho cada vez mais que certos hábitos não mudam, e o meu de não actualizar o blog frequentemente, deve ser um deles mesmo...
Enfim.
Se me perguntarem se estou melhor... não estou. Muito pelo contrário, quando supostamente devia estar contente, não estou. Sinto-me vazia...oca por dentro, como se as pessoas não sentissem o mesmo que sinto por elas...e se calhar não sentem. Mas como de costume não gosto de falar no que sinto, pois guardo tudo para mim... não partilho nem a minha dor com os outros porque acho que eles já têm os seus próprios problemas...além de que posso estar-me a rir às gargalhadas e estou completamente triste por dentro...
Da mesma forma que a vida é feita de contrastes e ironias, também eu o sou... Também sou feita de erros, amores, amizades... e essas coisas tão comuns na nossa vida, mas que tanto nos podem afectar...
Às vezes desejava secretamente que o amor não existisse... pelo menos ninguém sofreria tanto por algo que todos dizem ser perfeito quando é sentido...
Além de eu própria não estar bem, pessoas de quem eu gosto muito e tenho um grande carinho, e até mesmo amor, não estão bem também...o que me faz ainda mais triste, pois vejo as pessoas de quem gosto triste, e não posso fazer nada para as ajudar...
Mas agora estava a pensar...porque é que o nosso Passado tem de influenciar tanto o nosso Presente? Porquê? Porque é que será que quando esquecemos o Passado (se é que alguma vez o esquecemos definitiva e totalmente...), ele acaba sempre por voltar no nosso Presente e assim alterar todo o nosso Futuro?...

Afinal de contas, o que passou, passou. Deveria ficar lá no seu lugar, e não propriamente voltar...principalmente quando é para magoar-nos...




Ouço lamentos,

Que aclamam por mim

São os tormentos,

Que demonstram o meu fim.



Ouço vozes na minha mente

Perdidas do meu coração

Num passado presente

Rezo pela minha razão



Ouço os seres que falham,

Perdendo guerras que foram finalizadas

Batalhas imortalizadas,

Por nunca saber o que realizaram



Ouço vozes sofridas

Que me atormentam,

Por memórias esquecidas

Que elas representam.


† Ångel oƒ (v)oon †

publicado por angel_of_Moon às 12:56
link do post | favorito
De Anónimo a 16 de Outubro de 2005 às 18:27
Saudações nobre amiga...
Já voltei d meu fim de semana q ate correu um pouco melhor do q eu esperava...
Eu sei bem como é n querer incomodar os outros com as nossas dores e angustias, pois eu tb sou assim... e como eu sofro quando alguem q eu gosto sofre...
Penso q nunca conseguimos esquecer o passado, no maximo ele ficar adormecido mas mais tarde smp acorda e bem mais forte... isso já aconteceu cmg...
Espero q vc aprenda a superar...
Bjs gélidos...Rainha_dos_Vampiros
(http://rainhadosvampiros.blogspot.com)
(mailto:rainha.dos.vampiros@gmail.com)


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. Pois é, pois é...

. de volta...

. Sem sentido...

. Pois... :o

. Actualização...

. Passado Presente -.-

. Quanto Mais Cais... Mais ...

. Anjos Caídos ... (:

. Quando Abri os Olhos...

. Dá asas à Dor e deixa-a p...

.arquivos

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds