Segunda-feira, 14 de Novembro de 2005

Pois... :o

Image hosted by Photobucket.com



Olá... ora bem...cá estou eu de novo a actualizar isto. Antes de mais devo agradacer os vossos comentários todos mais a ajuda que me deram, a calma que algumas pessoas me passaram...e bla bla bla... acho que posso dizer que as coisas estabilizaram um pouco... aliás, que coisas? Se de facto nunca houve nada? Enfim... sem comentários da minha parte
Hoje queria aqui desenvolver um tema...que por norma não desenvolvo lá muito, que é o desistirmos, ou não, das coisas...e principalmente das pessoas...
Todos na vida temos objectivos de vida...eles podem não estar superficialmente, mas no fundo, estão sempre lá..e claro que por vezes temos aqueles momentos que não sabemos o que fazer ou como fazer algo e paramos no tempo e pensamos “Estou completamente perdida(o)...e agora?”
Na verdade nunca tinha parado para pensar no quanto a nossa vida pode mudar de um momento para o outro e no quão parecidas todas as pessoas são...claro, todos diferentes, todos iguais...
Simplesmente quando estamos mais à frente na nossa vida e paramos para pensar em tudo o que fizemos e que possivelmente se temos situações criticas na nossa vida é porque nós as criamos, ou tomamos opções de vida que fazem com que mais tarde ou mais cedo mais problemas ainda se criem...não que a culpa seja nossa...
Até porque cada vez mais acredito que dancemos ao ritmo do destino...e quem dita esse ritmo? O próprio destino...claro que somos nós que o fazemos, mas...caminhos já traçados e que se definem pelas nossas opções....é o que acho..e o que acredito!
Nada acontece por acaso...não há coincidências, pois muitas vezes o facto dos momentos se entrelaçarem ao acaso, podem mudar o rumo duma pessoa...
Depois há outras coisas na vida que eu chego a achar irónico...por exemplo...até à uns dias atrás dava-me mal com uma pessoa....claro que não me dei sempre mal...mas creio que comprei uma guerra desnecessária e que podia ter sido evitada... continuando. Em resultado dessa guerra, poderiam ter acontecido consequências um tanto graves...mas com um simples sentimento sincero, tudo mudou, e surpreendentemente acho que quem nos vir agora não acha que nos zangámos alguma vez =P beijinho para ti Marta ^^ (e para o Hugo também..ele sabe porquê xD)
Ou seja..o que eu queria dizer com isto tudo, é que acho impressionante o poder que sentimentos sinceros exercem sobre nós :\ tanto nos magoam, como protegem...como nos fazem felizes! E depois temos as pessoas que acham que controlam os seus sentimentos...será que elas controlam mesmo? Aliás...serão os sentimentos possiveis de controlar? ... bem...eu acho que se fossem, certamente o ser humano já não lhes daria tanto valor, e muito menos sofreria tanto por eles ;>
Bem...acho que este texto já está a perder o sentido, se é que alguma vez o teve...
Beijo especial para a Shadow que fez anos recentemente!






† Ångel oƒ (v)oon †



A Perfect Circle – Imagine


publicado por angel_of_Moon às 23:03
link do post | comentar | favorito
|
13 comentários:
De Anónimo a 21 de Novembro de 2005 às 23:11
Saudações Sombrias...
Oi Angel...
Estavas sumida e eu tb...Não estou numa boa fase para comentar seu post sobre objetivo e destino pois é exatamente por isso q estou mal,pois estou vendo meus sonhos esparem por minhas mãos e eu ñ estou fazendo nada para segura-los parece até q ñ estou me importando,mas no fundo estou e por isso fico mal,pois sempre quero q as pessoas façam por mim oq eu ñ faço e fico deixando pra depois...
Ando perdendo mtas oportunidades com relação a isso,mas é por medo,por medo d ñ conseguir,de ir mal,de descobrir q ñ é isso q esta certo para mim,mas ñ sei,ando confusa...acho até q me perdi neste comentario,mas enfim eu ja estou com meu blog atualizado e gostaria q me visitasse....
Aguardo-te lá...
Beijos gélidos...Dark Angel
(http://www.filosofiasdeumanjo.zip.net)
(mailto:daniella@acessa.com)


De Anónimo a 20 de Novembro de 2005 às 17:49
É realmente ótimo que já estejas melhor.
Sentimentos sinceros só podem nos fazer feliz, mas algumas pessoas não tem sentimentos sequer verdadeiros, vivem em suas próprias mentiras, somente para não se fazerem frias demais.

Quando tiver tempo, dê uma passada em meu blog, eu o atulizei.

Beijos...Guinevere Patronum
(http://www.patronumnox.blogger.com.br)
(mailto:webmaster@patronumnox.zzn.com)


De Anónimo a 18 de Novembro de 2005 às 21:24
quanto mais pensamos na vida, mais coisas controversas pensamos dela e menos conclusões tiramos...aliás, pode-se tirar uma: temos de aproveitar sempre a vida sem os porquês :) (quem sou eu para falar disto se faço o contrário? lol) pronto não ligues aqui às minhas idiotices. 1001 bujitos*Slayra
(http://pensamentosembranco.blogs.sapo.pt)
(mailto:anakatcc@hotmail.com)


De Anónimo a 18 de Novembro de 2005 às 18:09
Que bom teres tido a simpatia de me responderes, deixa lá, o Plutão é fácil de saber. Ficas-te com a sensação que estou a sofrer?... não, estou apenas a escrever sobre o que sei, aquilo que vivi. Bjs, pelo menos mornos...Mar
(http://withpassion.blogs.sapo.pt)
(mailto:marcm@sapo.pt)


De Anónimo a 17 de Novembro de 2005 às 18:34
Saudações nobre amiga...
A quanto tempo n visitavas meu Jardim Sombrio, já estava ficando com saudades dos teus comentarios... agradeço tda a força q me deste neste ultimo comentario pois ele surgiu no instante em q mais precisava...
Bjs gélidos...Rainha_dos_Vampiros
(http://rainhadosvampiros.blogspot.com)
(mailto:rainha_dos_vampiros2@hotmail.com)


De Anónimo a 17 de Novembro de 2005 às 16:30
Olá, gostei sobretudo do que li sobre ti. Já agora pergunto-me; onde terá esta moça o Plutão no seu mapa? e qual será o seu ascendente?, vou tentar descobrir pelos teus post's. Então...fica bem, sobretudo contigo mesma.Mar
(http://withpassion.blogs.sapo.pt)
(mailto:marcm@sapo.pt)


De Anónimo a 17 de Novembro de 2005 às 16:30
Olá, gostei sobretudo do que li sobre ti. Já agora pergunto-me; onde terá esta moça o Plutão no seu mapa? e qual será o seu ascendente?, vou tentar descobrir pelos teus post's. Então...fica bem, sobretudo contigo mesma.Mar
(http://withpassion.blogs.sapo.pt)
(mailto:marcm@sapo.pt)


De Anónimo a 17 de Novembro de 2005 às 15:57
Gostei do teu texto, e sim, teve sentido. Não acredito em coincidências, acho que nada acontece por acaso. Acho que tudo o que nos acontece, quer seja bom ou mau, vem para nos ensinar algo, não vem por acaso. Muitas vezes tive desilusões, ou alegrias e aprendi muito com tudo, continuo a aprender. Mesmo se por vezes fico triste com o destino que me é dado, sei que ele vem por alguma razão, e tento ver se descubro qual é. beijinhos Crazy Li
(http://tentativa.blogs.sapo.pt)
(mailto:crazy_li@netcabo.pt)


De Anónimo a 16 de Novembro de 2005 às 20:58
Jamie, :D
Também gostei imenso!
@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@
Morre.Rui Luís
(http://)
(mailto:selthius@gmail.com)


De Anónimo a 16 de Novembro de 2005 às 18:17
Saudações sangrentas!!!
Vim agradecer a tua passagem pelo meu mundo...
Espero que continues a visitar-me...
Vou linkar-te também...
Fica bem...
Beijos sangrentos!!!Lady_Dark_Solitude
(http://ladydarksolitude.blogs.sapo.pt)
(mailto:Lady_Dark_Solitude@hotmail.com)


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. Pois é, pois é...

. de volta...

. Sem sentido...

. Pois... :o

. Actualização...

. Passado Presente -.-

. Quanto Mais Cais... Mais ...

. Anjos Caídos ... (:

. Quando Abri os Olhos...

. Dá asas à Dor e deixa-a p...

.arquivos

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds